O ambiente preparado é mais do que o quarto e é mais do que o colchão no chão.

O quarto pode ser um começo, um primeiro passo, e é um sinal de verdadeira vontade de revolucionar a criação de sua criança, de colocar em prática de fato aquilo que você sabe e aquilo em que você acredita. Por isso, ele é tão importante.

O quarto também é o local onde a criança passará mais tempo em seus primeiros meses de vida, porque ela vai dormir bastante e quando acordar vai ficar por lá durante uma meia hora sem chorar, trabalhando com os materiais, objetos e brinquedos que você deixar lá para ela. O quarto importa. Mas o que importa de verdade é mais que o quarto, e é o que chamamos em Montessori de ambiente.

O ambiente é a casa toda, é onde a gente vive.

No meio urbano, tudo o que é interessante foi levantado, e tudo fica a mais de um metro do chão.

Mesmo assim, a criança quando caminha encontra algo pequeno, discreto, que passou despercebido e está perto do chão.

 1.SALA :Em casa, podemos preparar a sala, com uma pequena cadeira para a criança ler seus livros, em companhia da poltrona ou do sofá, onde leem os mais velhos.

2.Banheiro: Podemos preparar o banheiro, e é tão simples, com um banquinho firme e de base grande o suficiente para os dois pés da criança.

Com um apoio mais baixinho no box para o sabonete e o shampoo, com um gancho para a toalha da criança, que pode ser daqueles de ventosa. O sabonete pode ser cortado num formato de ampulheta, para que a criança possa segurar com firmeza, e pronto, o banho e o escovar de dentes terão um espaço muito melhor para acontecer.

3.Cozina: Pode-se ter uma gaveta especial para os pertences da criança, uma prateleira na geladeira, aquela mais baixinha, para lanches seus, potes com sua comida, pedaços de frutas e mesmo uma jarra de suco.

Podemos disponibilizar para a criança dois pratos de cerâmica para suas refeições, lanches e sobremesas, um copo de vidro e um de metal, ou só um dos dois, talheres de metal e guardanapos. À sua altura ainda pode haver uma jarra com água fresca ou um filtro pequeno, panos para secar quando derramar água fora do copo e uma vassourinha com pá, para varrer os grãos ou farelos que ficarem para fora do prato – os farelos da mesa ela pode limpar com um guardanapo. Um lixo de cozinha que a criança possa acessar, além do pouco higiênico lixo sobre a pia, também é uma boa escolha.

Por fim, mais um banquinho ou escada-, para a criança poder lavar sua louça ou colocá-la na pia, e também para que possa observar o que você cozinha, com você por perto, e não fique ao redor do fogão com perigosa curiosidade. São excelentes inovações em seu ambiente mais divertido da casa.

  A criança faz  estes trabalhos porque seu corpo e sua mente pedem, e  satisfazem suas necessidades internas de desenvolvimento. É aquilo que chama a atenção da criança espontaneamente e a faz concentrar-se e controlar seus movimentos e impulsos.Você precisa ter alguns trabalhos pela sua casa, e talvez alguns brinquedos, ter dois ou três trabalhos por cômodo pode ser uma boa ideia. Um caderno de desenhos na sala, acompanhado de três lápis de cor ou três giz de cera, por exemplo, uma cesta de tesouros no quarto, e mais uma cesta com três livros interessantes.

Na cozinha, uma tábua de cortar com ingredientes para uma salada ao lado, e uma faca, para uma criança que já sabe usar a faca com destreza – para uma mais nova, quem sabe algo com uma colher ou uma transferência de líquidos. 4.Na varanda, você pode pensar em uma pequena horta de temperos e em um cavalete de pintura com duas ou três cores de tinta .

Os trabalhos pelos quais seu filho se interessar podem permanecer nas estantes, aqueles que não importam saem e dão lugar a outros, apropriados à idade dele.

Evidentemente, não colocamos tudo à disposição da criança em um dia só, isso é demais para a mente infantil.

Quando o ambiente está todo preparado, então podemos nos retirar e só observar.

Se desejamos os efeitos possibilitados pelo método Montessori – equilíbrio emocional, socialização saudável, funções executivas bem desenvolvidas, controle motor amadurecido, tranquilidade – então precisamos de fato nos atentar a quais foram as descobertas de Montessori, o que ela realmente disse que ajudava, e o que realmente funciona.

 

Fonte: http://www.howwemontessori.com/how-we-montessori/2017/03/a-peek-inside-a-montessori-playgroup.html

gabrielmsalomao

: http://www.howwemontessori.com/how-we-montessori/2017/03/a-peek-inside-a-montessori-playgroup.html

http://montessorionthedouble.com/tag/self-feeding/

Nádia Mota Monteiro https://www.facebook.com/nadia.m.monteiro